Recalques Diferenciais monitorados por meio de Nivelamento Geométrico de Alta Precisão

As petianas Janaina de Souza Prim e Stephanie Thiesen apresentaram durante o 6º Congresso Internacional sobre Patologia e Recuperação de Estruturas – CINPAR 2010, o trabalho intitulado “Recalques Diferenciais monitorados por meio de Nivelamento Geométrico de Alta Precisão: Estudo de Caso em Florianópolis-SC/Brasil”

O CINPAR, que na sua 6ª edição ocorreu na cidade de Córdoba, Argentina, é dirigido a todos os profissionais e estudantes interessados na área de patologia, reabilitação e reforço de estruturas. Seu objetivo é discutir, divulgar e difundir os novos avanços e desenvolvimentos na área em questão. A apresentação, que foi bastante elogiada pelos presentes no evento, descreveu o estudo realizado em um edifício residencial de Florianópolis acerca do processo recalque diferencial que este vinha sofrendo.

Denomina-se recalque o adensamento do solo e/ou movimentação vertical da estrutura após a construção de uma obra. Quando excessivo, o controle destes recalques é necessário para garantir as premissas do projeto estrutural (segurança, durabilidade e conforto).

Resumo do trabalho:

O edifício em estudo possui quatro pavimentos e apresentava graves manifestações patológicas (fissuras, rachaduras, deslocamentos de pisos e paredes, dentre outros). A atividade contemplou: levantamento de informações (entrevistas, consulta a projetos, investigação do tipo de fundação, etc.); mapeamento e análise das manifestações patológicas; monitoramento de recalque de pilares e análise dos dados. Com base no monitoramento dos pilares, houve a confirmação da existência de recalques diferenciais. Assim, estudos foram elaborados para propor uma solução adequada para garantir a estabilidade da estrutura. Um projeto de reforço estrutural foi proposto e executado por uma empresa da região, etapa essa acompanhada pela equipe.

A execução dos reforços durou aproximadamente 2 (dois) meses e confirmou-se posteriormente, através de levantamento topográfico, o adequado desempenho da obra de reforço.

Agradecimentos especiais são feitos aos orientadores da pesquisa, professores Cláudio Cesar Zimmermann e Ivo José Padaratz, pela inegável dedição e pelos conhecimentos transmitidos durante a realização da atividade, e à Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, que disponibilizou o vital apoio financeiro para a apresentação da pesquisa no referido congresso.

Image

Image

Image