Análise dos índices de reprovação semestral no curso de Engenharia Civil da UFSC

A fim de expor para a comunidade da Graduação em  Engenharia Civil da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) a realidade encontrada no meio acadêmico, o Programa de Educação Tutorial do curso de Engenharia Civil (PET/ECV) da UFSC iniciou no ano de 2000 – em sua atividade de ensino – a confecção do Índice de Reprovações. Esse índice consiste na exposição das reprovações ocorridas nas disciplinas cursadas pelos acadêmicos de engenharia civil da UFSC na forma de tabelas, as quais ficam expostas no mural do Departamento do Curso.

A partir do acervo de dados dessa atividade de ensino, o PET/ECV iniciou a atividade de pesquisa que contempla a Análise dos Índices de Reprovação Semestral no Curso de Graduação em Engenharia Civil da UFSC.  A pesquisa ocorreu devido a percepção da necessidade de um maior  polimento e aprofundamento, especificamente, naquela atividade de ensino oferecida pelo PET/ECV. Assim, a análise dos índices procura relações entre a realidade vivenciada pelos alunos da graduação e os dados sob domínio do Programa, ou seja, respostas para tais reprovações.

Objetivos:

O Índice de Reprovações visa ser uma ferramenta analítica e de pesquisa tanto para os graduandos quanto para os professores do Curso, proporcionando assim um retorno para ambas as partes. As análises da pesquisa  tem por objetivo principal buscar respostas para as causas dessas reprovações, examinando até que ponto o índice de reprovação afeta na desistência do alunos.

Metodologia:

Para o desenvolvimento da pesquisa foram obtidos, junto à Coordenadoria de Graduação do Curso, os dados referentes ao desempenho acadêmico dos alunos da graduação nos períodos de 1998-2 a 2007-2. Em seguida, os dados foram digitalizados, conferidos, organizados e saneados. De posse desses, efetuou-se uma análise mais complexa do comportamento das informações, originando assim, mais que números, um grande acervo que poderá auxiliar para a melhoria do ensino da graduação.

grafico_rerpovacoes_1

Tentou-se avaliar relações como, por exemplo, o índice de reprovação das disciplinas optativas com o das obrigatórias; disciplinas oferecidas pelo Departamento Engenharia Civil (ECV) com as oferecidas por outros departamentos (MTM, EGR, entre outros); bem como a relação existente entre os períodos de greve da UFSC com o número de reprovações e evasões, porém não foi encontrada nenhuma correlação entre esses dados.
Para a obtenção das estatísticas procurou-se correlações entre dados, calculou-se o índice de aproveitamento médio por fase, bem como as porcentagens de reprovação por fase. Os resultados são expressos em valores absolutos e relativos, valendo-se da análise estatística descritiva.

O gráfico abaixo representa a média do Índice de Aproveitamento (IA) de cada fase do Curso de Engenharia Civil  obtida através da análise dos dados de desempenho acadêmico referente ao período de 1998/2 a 2007/2. Ele expõe  a clara relação existente entre o desempenho médio dos graduandos e as repectivas fases no decorrer do Curso.

grafico_reprovacoes_2

Através do percentual de reprovações por fase pode-se perceber a tendência existente entre as fases iniciais e finais do Curso. O gráfico abaixo demonstra um melhor aproveitamento dos acadêmicos nas fases finais, uma vez que o percentual de reprovação decresce linearmente ao longo do curso.

grafico_reprovacoes_3

Considerações finais:

Através da análise dos índices de reprovação semestral no Curso de Graduação em Engenharia Civil da UFSC,  o PET/ECV colabora com o desenvolvimento da excelência da Graduação e para a compreensão tanto do graduando quanto dos professores  sobre o índice de aproveitamento nas diferentes fases do curso.

Artigo Publicado na 7ª Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão (SEPEX) da UFSC.