Utilização de Borracha Moída de Pneus Inservíveis em Concretos de Cimento Portland como Alternativa para Confecção de Rampas de Acessibilidade

A proposta de estudo surgiu após a verificação de problemas de mobilidade no campus da Universidade Federal de Santa Catarina, onde estudos de caso constataram a falta ou deterioração de rampas de acessibilidade e travessias de pedestres. Aliando-se acessibilidade urbana com sustentabilidade, foram propostas rampas de concreto de cimento Portland convencional, nas quais uma parcela de borracha de pneus inservíveis seria introduzida como parte do agregado miúdo. As rampas propostas seriam utilizadas em prédios públicos e nas travessias de pedestres. Além do apelo ecológico, uma vez que encontra-se uma alternativa de descarte para um contaminante em potencial (o pneu), trata-se de uma mistura que supostamente melhora a resistência à abrasão e a flexibilidade da superfície, proporcionadas pela borracha.

No ano de 2013, a pesquisa foi publicada por um petiano na “2nd International Conference – Wastes: Solutions, Treatments and Opportunities”, realizada na Universidade do Minho, em Braga, Portugal. Em 2014 a pesquisa será publicada na “The 29th International Conference on Solid Waste Technology and Management”, na Philadelphia, Estados Unidos.