Minicurso de 5S

Minicurso de 5S

Na última sexta-feira, dia 15 de abril, o petiano Caio de Souza Roque do PET Engenharia de Produção ministrou um minicurso do Programa 5S aos petianos de engenharia civil.

O 5S surgiu nas empresas japonesas durante a reconstrução do país depois da segunda guerra mundial.  Assim, na década de 50 e 60, começaram a desenvolver os conceitos de qualidade aplicada aos processos produtivos. A filosofia do 5S foi passada de geração para geração e incorporada à cultura japonesa, que posteriormente se espalhou pelo mundo.

O papel do 5S é cuidar da base, facilitando o aprendizado e prática de conceitos e ferramentas para a qualidade. Isso inclui cuidar do ambiente de trabalho, equipamentos, materiais, métodos, medidas, e, especialmente, pessoas. No princípio, o 5S era mais focado em aproveitar melhor os espaços e evitar desperdícios, resolvendo efeitos da guerra e da gestão inadequada. Com os novos desafios, inclusive o aperfeiçoamento da tecnologia da comunicação, o 5S evoluiu.

A prática do 5S é um bom meio de apurar a sensatez. Com isso, o 5S deixa de ser aplicado somente em fábricas, máquinas ou ferramentas, e pode ser praticado por qualquer pessoa, em qualquer lugar, para facilitar a solução de qualquer desafio.

0001

5S representa cinco palavras japonesas que começam com a letra S. Ao traduzir para o português, não foram encontradas palavras começadas com S que têm o mesmo significado de cada termo na cultura nipônica. A tradução utilizando a palavra senso se tornou uma das mais divulgadas no Brasil. Além de iniciar com S, facilitando a didática, este termo remete ao bom senso, característica de pessoa sensata.

  1. SEIRI: se refere a evitar o que for desnecessário, ou o senso de utilização. Ao separar aquilo que é realmente necessário ao trabalho daquilo que é supérfluo ou desnecessário, passando para outros que possam fazer uso dele ou simplesmente descartando, conseguimos melhorar a arrumação e dar lugar ao novo.
  2. SEITON: significa deixar tudo em ordem, ou o senso de ordenação. É deixar as coisas arrumadas e em seu devido lugar para que seja possível encontrá-las facilmente sempre que necessário. Assim, evita-se o desperdício de tempo e energia.
  3. SEISO: significa manter limpo, ou o senso de limpeza. Agora que você já tirou tudo que era desnecessário e deixou tudo em ordem, é preciso manter assim.
  4. SEIKETSU: zelar pela saúde e higiene, ou senso de saúde. Não adianta nada mantermos o local de trabalho limpo se não cuidarmos de nossa higiene pessoal também.
  5. SHITSUKE: disciplina, ou senso de auto-disciplina. Este conceito é um pouco mais abrangente do que o significado de seguir as normas. Ele se refere também ao caráter do indivíduo que deve ser honrado, educado e manter bons hábitos.