Visita Técnica à Ponte Hercílio Luz

Visita Técnica à Ponte Hercílio Luz

Na última sexta-feira, dia 09 de dezembro, os bolsistas do PET/ECV e dois monitores de Topografia, juntamente com o tutor Cláudio Cesar Zimmermann e o coordenador do curso de Engenharia Civil da UFSC Luís Alberto Gómez realizaram uma visita técnica à Ponte Hercílio Luz.

visita-tecnica-hercilio-luz6-web

Estrutura da Ponte Hercílio Luz

Entregue em 1926 como uma gigantesca obra de engenharia, a Ponte Hercílio Luz, mesmo estando totalmente interditada para o tráfego de veículos e pedestres desde 1982, é ainda o símbolo catarinense mais conhecido no país e no mundo. Projetada e construída durante o governo de Hercílio Luz para ser a primeira ligação terrestre entre a ilha e o continente, nos anos 90, a Ponte foi transformada em monumento histórico e declarada como patrimônio municipal, estadual e federal.

visita-tecnica-hercilio-luz2-web

Estrutura da Ponte Hercílio Luz

O projeto da única travessia rodoviária sobre o oceano, que reinou sozinha entre 1926 e 1975, é de autoria dos engenheiros norte-americanos Robinson e Steinman. Desde sua inauguração, a Ponte Hercílio Luz enfrenta muitos desafios, como a ação corrosiva do mar, o desgaste natural da estrutura e ainda o aumento da carga e do número de veículos, que hoje apresenta uma demanda muito superior ao projetado para a ponte em 1926. Após quase 90 anos, a ponte manteve sua estrutura original, porém passados aproximadamente 20 anos da sua primeira interdição, em 2005 foi iniciado um processo para a sua reforma.

visita-tecnica-hercilio-luz5-web

Funcionários preparando os rebites para serem colocados na Ponte Hercílio Luz

Durante a visita, os graduandos e professores puderam conhecer melhor as etapas da restauração da ponte, que passa agora pelo último ciclo de obras desse desafiador trabalho. Em março desse ano foi concluída a construção da estrutura chamada ponte segura, um apoio temporário que visa estabilizar a estrutura da obra original e no segundo semestre de 2016 a montagem de gruas e andaimes foi finalizada. Agora, o trabalho está voltado à recuperação das estruturas metálicas dos viadutos. Além disso, a restauração ainda passará pelas seguintes etapas: recuperação da estrutura metálica da treliça do vão pênsil, reforço das torres principais, instalação de 54 macacos hidráulicos para transferência de carga (suspensão do vão central), troca dos pendurais e barras de olhal, troca das rótulas e selas das torres principais, execução do tabuleiro, montando um novo pavimento (pavimento rodoviário e ciclovia) e desmontagem das estruturas provisórias e gruas. Depois de muitos anos já em obras, o término da reforma está previsto para o fim de 2018, quando a ponte estará então aberta para a passagem de pedestres, bicicletas, motos e carros.

visita-tecnica-hercilio-luz1-web

Bolsistas do PET/ECV e monitores de Topografia, juntamente com o ex-petiano João Paulo Batista da Silva, que acompanhou o grupo na visita, o Engenheiro responsável pela restauração da Ponte Wenceslau Diotallevy, o Coordenador do curso Luís Alberto Gómez e o tutor Cláudio Cesar Zimmermann durante a visita à Ponte Hercílio Luz